Mão na massa

Lucas Agra Atualizado por Lucas Agra

Introdução

Agora que você já Criou sua conta, vamos treinar uma inteligência para que ela compreenda e interprete as mensagens dos seus clientes.

Para que isso seja possível, é necessário seguir algumas etapas.

É recomendado que leia-se o artigo Intenções e Entidades, para entender o funcionamento das entidades(opcional) e intenções.

Mão na massa

Agora sim, vamos começar a trabalhar na inteligência:

  1. Definir o propósito da inteligência
  2. Definir as intenções necessárias para esse propósito
  3. Criar frases de exemplo para as intenções
  4. Treinar a inteligência com base nesses exemplos
  5. Testar a inteligência treinada

1 Definir o propósito da inteligência

Para definir o objetivo da sua inteligência, é necessário responder a algumas perguntas: Onde sua inteligência vai atuar? Quais problemas específicos ela vai tratar? Que tipo de assuntos o cliente deve abordar?

Criaremos aqui como exemplo uma inteligência para um website que classifique frases entre as intenções dúvida, reclamação, rastreamento.

A ideia é que a inteligência funcione de forma simples dentro de um website, guiando o fluxo de conversa para os setores de dúvidas, reclamações e rastreamento.

2 Definir as intenções necessárias para esse propósito

Para que o treinamento seja possível, é necessário definir quais intenções serão utilizadas na sua inteligência.

Podemos fazer algumas perguntas para ajudar nessa etapa: Qual o escopo/contexto a sua inteligência vai abordar? Como dividir esse contexto em intenções distintas?

Ao receber uma frase, a inteligência irá classificá-la em uma das intenções cadastradas.

Para o nosso exemplo, fica claro que precisaremos ao menos as três intenções mencionadas: dúvida, reclamação e rastreamento.

Avançado
Nessa etapa, é importante analisar se as intenções definidas não fogem do propósito da inteligência.

Por exemplo, o usuário poderia adicionar aqui as intenções cumprimento e despedida, com o objetivo de classificar as frases também em cumprimento e despedida, e funcionaria. Porém, dependendo do fluxo utilizado no seu chatbot, talvez fizesse mais sentido utilizar uma inteligência própria para esse contexto, que entraria no inicio e no final do fluxo.

Isso também vale para inteligências com muitas intenções. O ideal é que seja feito uma análise para definir se todas aquelas intenções precisam ficar numa única inteligência. Quanto menos intenções uma inteligência tiver, mais assertividade ela terá, e mais simples será a sua manutenção.

Ou seja, como um chatbot pode usar várias inteligências ao mesmo tempo, é recomendável pensar em inteligências menores para partes específicas do fluxo, do que uma única grande inteligência para todos os propósitos.

Outras boas práticas podem ser encontradas em Direcionamentos e boas práticas
3 Criar frases de exemplo para as intenções

Cada intenção deve receber diferentes frases de exemplo para sua inteligência poder aprender e interpretar as mensagens com mais assertividade.

Na aba de Treinamento, adicione as frases com suas respectivas intenções. No nosso exemplo, temos:

Para saber mais como adicionar frases, veja Treinando sua inteligência

Quanto mais frases cadastradas, mais assertiva fica sua inteligência.

Avançado
As marcações significam que essas palavras foram marcadas como uma entidade. Nesse caso, product.

Entidades são agrupamentos de palavras utilizados para extrair uma informação extra além da classificação da frase. Neste exemplo, como duas palavras foram marcadas como produtos, ao fazer a classificação, a inteligência também tentará extrair entidades que se enquadrem nessa categoria de produtos (palavras como: tablet, laptop, TV).

Para saber mais, leia Intenções e Entidades

4 Treinar o modelo com base nesses exemplos

Aqui o Bothub se encarrega do trabalho, basta clicar em "Executar Treinamento" e a inteligência será treinada com as frases cadastradas, gerando um novo modelo*.

Se você já tem sua inteligência treinada e deseja fazer alterações nas frases como alguma adição, alteração ou remoção, essas mudanças só farão efeito ao retreinar a inteligência.
O treinamento é um processo pesado que normalmente leva entre 7 a 15 minutos, então é só aguardar!
Avançado *
O treinamento sempre usa todas as frases cadastradas, sejam elas frases já treinadas ou frases novas, ainda não treinadas. Portanto, ao fazer o treinamento, o modelo* antigo não é atualizado, é simplesmente substituído por um novo.
* modelo é o componente gerado pelo treinamento, como mostra o diagrama:

5 Testar o modelo treinado

Após o treinamento, sua inteligência foi criada. Para saber como ela está funcionando e se já consegue interpretar as diferentes mensagens que seu cliente enviará, basta abrir a janela de Teste Rápido e enviar uma frase para classificação. O seu ultimo modelo treinado será utilizado para classificar a frase. Será retornado uma resposta com a intenção classificada e a taxa de confidência daquela classificação.

A taxa de confidência indica o quanto a sua inteligência está certa de sua classificação.

Para montar um teste mais eficaz, é recomendado ir na aba Testar e adicionar as frases de teste que você queira, junto à real intenção de cada frase.

Ao rodar o teste, o Bothub irá usar seu modelo para classificar as frases uma por uma, e comparar o resultado classificado com o valor real inserido por você, mostrando-os no resultado dos testes.

Para mais informações, veja Testes

Como a gente se saiu?

Glossário

Contato